Tag Archives: tiradentes

Agorah Comunicação e Banco Bradesco Lado a Lado com Você

Durante os dias 31 de agosto e 1º de setembro a equipe da Agorah Comunicação acompanhou a diretoria do Banco Bradesco, durante o XV Festival Cultura e Gastronômia de Tiradentes. O Banco foi o principal patrocinador do evento, comprovando sua preocupação e incentivo a cultura gastronômica. Foi um grande prazer trabalhar com a equipe do Banco e da Agência Super Produções e Idéias Comerciais.

Fotos: Thiago Morandi

Este slideshow necessita de JavaScript.

Exposição Rotativa de Ensaios Fotográficos

A exposição rotativa de ensaios fotográficos do curso de Comunicação Social – Jornalismo da UFSJ e convidado surgiu como forma de levar até o publico um pouco da arte fotográfica, para isso foram escolhidos um bar da cidade e aproximadamente 25 coletivos de São João del- Rei. Na exposição do Bar do Carioca, localizado ao lado da Igreja de N.S. do Carmo, escolhemos como tema retratar pessoas, através de retratos e situações do cotidiano.

Os ensaios retratam a vida urbana, com o congelamento das cenas como forma de reflexão sobre os tempos possíveis de Kairós. As cenas de paisagens cotidianas, chamam a atenção para reflexão das paisagens urbanas que nos rodeiam.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Curadoria:

Thiago Morandi

André Neves P. Azevedo

 

Fotógrafos:

André Neves P. Azevedo

Carol Argamim Gouvêa,

Paulo Filho,

Ruzza Lage

Thiago Morandi

Supervisão:

Kátia Lombardi

Devoção- Festa de Santíssima Trindade

Tiradentes realiza desde o século XVIII a tradicional Festa da Santíssima Trindade, atraindo milhares de devotos e visitantes. A festa geralmente acontece próxima à festa do Divino -dia de pentecostes-, quase sempre seu Dia maior acontece uma semana depois.

A grande quantidade de fiéis e devotos impressiona, há sempre pessoas depositando velas aos pés da imagem e fazendo pedidos ou agradecendo por graças alcançadas. Ao lado da igreja encontra-se a sala de milagres, onde é encontrado ex-votos (quadros de pinturas ou fotografias), além de pernas, cabeças e partes do corpo humano feitos em cera; também são deixadas muletas, andadores, dentre vários outros artefatos.

Devotos esperam, às vezes, horas na fila para agradecer e beijar a fita das imagens da Santíssima Trindade, Jesus e Divino Espirito Santo, segundo Cecília de Jesus, “é um momento de renovação e fortalecimento da fé e vida espiritual”.

A fé não é a única atração para os visitantes, muitas pessoas vão a Tiradentes nesta época para comprar. Durante a festa as ruas ao redor da Igreja da Santíssima Trindade ficam repletas de barracas vendendo de tudo: blusas, meias, panelas, quadros, equipamentos eletrônicos, brinquedos, doces e muitos artigos importados.

______________________________________________________

Devoção

Festa da Santíssima Trindade- Tiradentes- MG
Ensaio fotográfico realizado em 2011

Direção e Edição
Thiago Morandi

Fotografia
Daniel Gouvêa
Thiago Morandi

Salve o Divino!

Detalhe da mão de um Capittao de Congado

No domingo, dia 27 de maio, foi comemorado o Pentecostes, dia em que se celebra a devoção ao Divino Espirito Santo. Na igreja do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em São João del-Rei, foi celebrada com muita cor, fé, danças e cânticos, manifestada com diversos grupos de congados, de várias regiões de Minas, que compareceram à festa.

A Festa do Divino tem sua origem em Portugal. Conta-se  que a Rainha Santa Isabel (1217-1336), teria sonhado com um pedido de Deus para que ela construísse uma igreja em honra ao espírito Santo em Alencar, Portugal. No Brasil, podemos dizer que essa festa chegou junto á colonização.

Em São João del –Rei, a Festa do Divino, inicio-se em  1774, na antiga igrejinha do Matosinhos, que foi demolida na década de 1970. Entre os anos de 1924 e 1998, a festa foi suspensa por ordem do então Bispo de Mariana. Em 1998, com o esforço do de u m grupo de fiéis a festa foi resgatada.

Abaixo um pequeno ensaio fotográfico dessa manifestação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tempo de Fé, a semana santa vista por um outro olhar

Tempo de fé foi produzido por estudantes de jornalismo da UFSJ e fotógrafos são-joanenses durante a semana santa em São João del-rei, Minas Gerais em 2012. Realizado utilizando a técnica do time-lapse, fotografias que colocadas em sequencia se transformam em imagem em movimento, o produto final tem caráter documental, e fotojornalistico.

Esse é o primeiro vídeo retratando a Semana Santa em Time-Lapse, foram aproximadamente cinco dias de captação de imagens, utilizando câmeras fotográficas Nikon e Cannon, com a tecnologia DSLR e 120 GB de arquivos.

Confira o Vídeo abaixo e mande críticas!

https://vimeo.com/40999489

Semana Santa muito além da fé

A Semana santa em São João del-Rei é uma demonstração da fé que se mantem por aproximadamente 300 anos através de suas cerimonias religiosas. Dentre as quais temos o oficio de Trevas, cerimonia litúrgica existente nos moldes de 1700, somente aqui, nem mesmo o vaticano mantem uma cerimonia igual a essa. O Lava Pés, é o momento em que o Bispo representa a figura de Cristo ao lavar os pés dos apóstolos.

Outro destaque é o descendimento da cruz, um cenário exuberante é montado, e enquanto o pregador profere suas palavras a respeito das dores em que Jesus passou na cruz até sua morte, é retirado a coroa de espinhos e os pregos que prendiam seus pés e suas mãos. Logo após a retirada da imagem, os personagens que compunham o cenário, junto a imagem de Cristo, saem em cortejo fúnebre na procissão do enterro.

Dois dias após essa cerimonia, no domingo de pascoa, é o momento mais divino da Semana Santa, quando se comemora a ressurreição de Jesus, nesse dia é realizada a procissão do Santíssimo Sacramento e  coroação de Nossa senhora das Dores.

A celebração da Semana Santa vai muito além da fé, mantendo as tradições religiosas, grupos, como a Atitude Cultural,  resgatam os tapetes de rua, dando às procissões um charme de beleza e cores.

Nesse ensaio um pouco do que foi a Semana Santa em São João del-Rei em 2012.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Semana Santa- tradição e religiosidade

A Semana Santa começou no ultimo domingo, com a benção dos ramos seguida de procissão, saindo da igreja de Nossa Senhora do rosário e terminando na catedral de Nossa senhora do Pilar, onde aconteceu a cerimônia do Canto da Paixão.

Na noite de ontem aconteceu a cerimonia do Oficio de Trevas, única no mundo, ela lembra as trevas de cristo, se aproximando o momento de sua crucificação, um candelabro com 15 velas é apagado a cada cântico de salmos em latim.

Durante a manhã de hoje, quinta feira santa, aconteceu a missa do Crisma, padres de aproximadamente 60 paroquias que corresponde a Diocese de São João del-Rei, recebem os óleos bentos, que são utilizados nas cerimonias em sua respectivas paroquias.

Enquanto acontecem as cerimonias religiosas, grupos confeccionam tapetes de rua em São João del-Rei, no largo da igreja de São Francisco é criado um tapete de aproximadamente 25 metros, cobrindo quase todo o largo da igreja.

Abaixo algumas fotos do inicio da Semana Santa em São João del-Rei

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dicas de Férias- Tiradentes, MG

Vista parcial da cidade

Essa pequena série, intitulada “Dicas de Férias” pretende mostrar através de ensaios fotográficos cidades e lugares interessantes para se visitar. O primeiro ensaio é da cidade de Tiradentes em Minas Gerais, que completa 294 anos de fundação essa semana.

Nos séculos passados a pequena cidade localizada na região central do estado vivia na época áurea seu apogeu, porem houve a decadência do ouro no século XIX. Hoje a cidade é conhecida em todo o mundo, é cenário de vários filmes, mini-séries e novelas. Atualmente a cidade vive seu apogeu no turismo, diversos eventos acontecem na cidade e neste mês o destaque é para a 15º Mostra de Cinema, que acontece entre os dias 20 e 28 (http://www.mostratiradentes.com.br/).

Mostra de cinema de Tiradentes (12º edição)

Espero que apreciem e compartilhem as fotos do ensaio, que mostra um pouco da beleza histórica, arquitetônica e natural da cidade.

Mais informações da cidade em:

http://www.tiradentesgerais.com.br/ 

Matriz de Santo Antônio

Casas Coloniais

Maria Fumaçã, passeio entre  as cidades de São João del-Rei e Tiradentes

Entre uma porta a igreja matriz

Casa Colonial

Vista parcial da cidade

Chafariz de São José

Casas e Igreja matriz de Stº Antônio

Rua Direita, ao fundo Serra de São José

Fé durante a festa da Santíssima Trindade

Ao fundo Serra de São José

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Serie: Dicas de Férias!

Hoje estreia aqui no blog uma pequena série com dicas de lugares para conhecer nas férias.

Daqui a pouco será publicado um ensaio fotográfico da cidade de Tiradentes-Minas Gerais

http://www.facebook.com/thiago.morandi

Moradores de São João del-Rei e Tiradentes recomeçam a vida

Passadas as chuvas, agora é hora de contabilizar os prejuízos e recomeçar a vida. Hoje escrevo aqui de forma mais livre, mais pessoal. Estive ontem e hoje na Vila Nossa Senhora de Fátima e em Tiradentes, percebi e vivenciei na pele um pouco do sofrimento dos moradores. Tanto em Tiradentes no bairro várzea de baixo, quanto em S.J.del- Rei, muitos moradores perderam tudo. Nas imagens abaixo eu conto um pouco da história dessas pessoas batalhadoras, das quais muitas necessitam de doações para recomeçarem suas vidas.

Ate ontem na vila Nossa Senhora de Fátima, muitos moradores ainda estavam ilhados, dependendo de barcos para que a alimentação chegasse em suas residências. Acompanhei em um barco um pouco do trabalho voluntário de um morador do bairro, Paulinho me levou em áreas cobriram por completo as casas, vi carros submersos, muito lixo e a solidariedade das pessoas que ajudavam as outras.

Hoje o cenário foi diferente, me senti em uma área pós guerra, os moradores retiravam os moveis, utensílios, alimentos, eletrodomésticos sofás, colchões e várias outras perdas. Os moradores limpavam suas casas, me chamavam  para que eu visse de perto o que perderam, me mostraram até onde a água chegou.

E mais uma vez eu percebi a solidariedade no local. Moradores levavam mantimentos para as casas, uns ajudavam os outros a levarem para fora de casa o que não tem mais utilidade. Andavam no barro provavelmente contaminado pela impureza das águas.

Desde ontem aqui em casa estamos solidários, hoje minha mãe percorreu a vila Santa Terezinha em busca de mantimentos para as vítimas, conseguiu quase 20 kg de alimentos. Fiz uma limpa no guarda roupa para doar, além de dar colchão e cobertores para as vitimas. Nesse domingo reuniremos junto à campanhas Vertentes Solidárias para arrecadarmos mais donativos para quem está necessitando.

Mais informações em: http://ajudemsaojoao.com.br/

Ponto de Doações para ajudar as vitimas das chuvas:

(alimentos não perecíveis, roupas de cama, mesa e banho, utensílios de pequeno porte, colchões, cobertores, fraudas e tudo o mais que possa ajudar às famílias desalojadas):
-Pizzaditaly Delivery – Rua Prof. Mário Mourão Filho, 160,  Caieiras- (32) 3372-3558

-Astec Informática Av. Leite de Castro, 1218 – Fábricas – Astec Astec

-Alta Tensão Modas, rua Sete de Setembro, 153, matosinhos- 3373-5864

-Projetu Qualificação E Consultoria, Residencial Girassol, Rua José Alpheu de Castro, 61 (antiga Rua 8) – 3372-2671

-Carol Silva,  Rua Batista de Castro, 360- 3373-5322
E também nas sedes da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros!

Lucimara Aparecida Silva, moradora da Vila N.S. Fátima, observa o que perdeu com as chuvas

Morador mostra até onde o nível da água chegou

Moradores colocam sofá na rua, muitos perderam tudo

Homem leva cesta básica doada por voluntários para casa

Célia Benfenatti limpa sua residência, a moradora perdeu tudo, inclusive documentos

Aos poucos a vida vai se reconstruindo no bairro atingido

Retiram o barro da porta de suas casas

As  ruas parecem cenário de guerra

Moradora limpa a porta de sua casa, atingida com as cheias do rio das Mortes

Nas ruas as perdas se acumulam

O cenário é desastroso, população necessita de doações

Homem leva para a rua parte de um guarda roupas perdido com a cheia