Tag Archives: fotos de enchente

Moradores de São João del-Rei e Tiradentes recomeçam a vida

Passadas as chuvas, agora é hora de contabilizar os prejuízos e recomeçar a vida. Hoje escrevo aqui de forma mais livre, mais pessoal. Estive ontem e hoje na Vila Nossa Senhora de Fátima e em Tiradentes, percebi e vivenciei na pele um pouco do sofrimento dos moradores. Tanto em Tiradentes no bairro várzea de baixo, quanto em S.J.del- Rei, muitos moradores perderam tudo. Nas imagens abaixo eu conto um pouco da história dessas pessoas batalhadoras, das quais muitas necessitam de doações para recomeçarem suas vidas.

Ate ontem na vila Nossa Senhora de Fátima, muitos moradores ainda estavam ilhados, dependendo de barcos para que a alimentação chegasse em suas residências. Acompanhei em um barco um pouco do trabalho voluntário de um morador do bairro, Paulinho me levou em áreas cobriram por completo as casas, vi carros submersos, muito lixo e a solidariedade das pessoas que ajudavam as outras.

Hoje o cenário foi diferente, me senti em uma área pós guerra, os moradores retiravam os moveis, utensílios, alimentos, eletrodomésticos sofás, colchões e várias outras perdas. Os moradores limpavam suas casas, me chamavam  para que eu visse de perto o que perderam, me mostraram até onde a água chegou.

E mais uma vez eu percebi a solidariedade no local. Moradores levavam mantimentos para as casas, uns ajudavam os outros a levarem para fora de casa o que não tem mais utilidade. Andavam no barro provavelmente contaminado pela impureza das águas.

Desde ontem aqui em casa estamos solidários, hoje minha mãe percorreu a vila Santa Terezinha em busca de mantimentos para as vítimas, conseguiu quase 20 kg de alimentos. Fiz uma limpa no guarda roupa para doar, além de dar colchão e cobertores para as vitimas. Nesse domingo reuniremos junto à campanhas Vertentes Solidárias para arrecadarmos mais donativos para quem está necessitando.

Mais informações em: http://ajudemsaojoao.com.br/

Ponto de Doações para ajudar as vitimas das chuvas:

(alimentos não perecíveis, roupas de cama, mesa e banho, utensílios de pequeno porte, colchões, cobertores, fraudas e tudo o mais que possa ajudar às famílias desalojadas):
-Pizzaditaly Delivery – Rua Prof. Mário Mourão Filho, 160,  Caieiras- (32) 3372-3558

-Astec Informática Av. Leite de Castro, 1218 – Fábricas – Astec Astec

-Alta Tensão Modas, rua Sete de Setembro, 153, matosinhos- 3373-5864

-Projetu Qualificação E Consultoria, Residencial Girassol, Rua José Alpheu de Castro, 61 (antiga Rua 8) – 3372-2671

-Carol Silva,  Rua Batista de Castro, 360- 3373-5322
E também nas sedes da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros!

Lucimara Aparecida Silva, moradora da Vila N.S. Fátima, observa o que perdeu com as chuvas

Morador mostra até onde o nível da água chegou

Moradores colocam sofá na rua, muitos perderam tudo

Homem leva cesta básica doada por voluntários para casa

Célia Benfenatti limpa sua residência, a moradora perdeu tudo, inclusive documentos

Aos poucos a vida vai se reconstruindo no bairro atingido

Retiram o barro da porta de suas casas

As  ruas parecem cenário de guerra

Moradora limpa a porta de sua casa, atingida com as cheias do rio das Mortes

Nas ruas as perdas se acumulam

O cenário é desastroso, população necessita de doações

Homem leva para a rua parte de um guarda roupas perdido com a cheia

Região das Vertentes e os efeitos das Chuvas.

Barranco que cedeu na rua Santo Antônio, S.J.del-Rei (foto via celular)

A região das Vertentes está sofrendo com os efeitos das chuvas, durante a tarde do dia 9 de janeiro o prefeito municipal de São João del- Rei decretou estado de emergência. Foram requisitados colchões e cestas básicas para a população desalojada. Vários pontos de acesso às cidades da região estão interditadas ou com dificuldade.

Barranco desmorona na MGT 383  (foto via celular)

Próximo ao posto da Policia Militar Rodoviária, na MGT 383, que liga São joão del-Rei à Belo Horizonte, devido à queda de barranco, estava interditada pela manhã, para ter acesso à cidade motoristas estavam desviando pela estrada velha das Aguas Santas, não havia previsão de liberação da pista.

Segundo informações de Geraldo José dos Santos, repórter da Rádio São João del rei, a entrada da cidade histórica de Tiradentes está interditada devido a cheia do Rio das mortes.

A entrada para a cidade de  Santa Cruz de Minas, passando pelo bairro de Matosinhos, está interditada, o Rio das Mortes trasborda e está a quase 5 metros acima de seu nível, ocupando a pista que dá acesso à cidade. A mesma situação é vista na ponte conhecida como Ponte do Bezerrão que está parcialmente interditada, pois o rio das mortes trasborda e ocupa parte da rua 31 de março, sentido Colônia do Marçal..

Ponte interditada na MGT 494

Entre São João del Rei e São Tiago, tem vários pontos críticos com desmoronamentos de barrancos e partes da MGT 494 alagadas pelo Rio das Mortes, a ponte da Estação, próximo à cidade de Ritápolis estava, até a parte da tarde, interditada, formando congestionamento da rodovia.

Segundo a Policia Rodoviária, ainda existem vários pontos com dificuldade de acesso, dentre eles a entrada da cidade de Prados, com queda de barranco, entrada de Coronel Xavier Chaves, devido às cheias do rio Carandaí, e algumas quedas de barranco na BR 265, nas proximidades da cidade de Barroso, que também registra pontos de alagamento e também decretou estado de emergência.

O comandante do 2º pelotão de Bombeiros, Sub- Tenente Eduardo, afirma que todo efetivo do corpo de Bombeiros está em prontidão para atender a essa calamidade. Os Bombeiros contam somente com 2 barcos para resgate, porém existem outros 3 que estão dando apoio para atender aos vários pontos de alagamento e risco na cidade.

Acesso à fazenda do Pombal, somente por barco

O povoado conhecido como Fazenda do Pombal está isolado, tendo acesso somente de barco. A vila Nossa Senhora de Fátima, bairro Bom Pastor, Santa Cruz de Minas, continuam alagados. A previsão é que as chuvas continuem pelo menos até quinta feira, dia 12.

Casa pode cair a qualquer momento, próximo à rua Santo Antônio  (foto via celular)

Águas do Rio das Mortes atingem a rua principal da cidade de St. Cruz de Minas  (foto via celular)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ponto de Doações para ajudar as vitimas das chuvas:

(alimentos não perecíveis, roupas de cama, mesa e banho, utensílios de pequeno porte, colchões, cobertores, fraudas e tudo o mais que possa ajudar às famílias desalojadas):
-Pizzaditaly Delivery – Rua Prof. Mário Mourão Filho, 160,  Caieiras- (32) 3372-3558

-Astec Informática Av. Leite de Castro, 1218 – Fábricas – Astec Astec

-Alta Tensão Modas, rua Sete de Setembro, 153, matosinhos- 3373-5864

-Projetu Qualificação E Consultoria, Residencial Girassol, Rua José Alpheu de Castro, 61 (antiga Rua 8) – 3372-2671

-Carol Silva,  Rua Batista de Castro, 360- 3373-5322
E também nas sedes da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros!

http://www.facebook.com/thiago.morandi

Chuvas deixam São João del-Rei e Santa Cruz de Minas em alerta

Panorâmica do Rio das Mortes, ao fundo a cidade de Santa Cruz de Minas e a Serra de São José

Com a grande quantidade de chuvas que vem caindo nesse inicio de ano, o Rio das Mortes, está aproximadamente 4 metros acima de seu nível. Autoridades das cidades de São João del Rei e Santa Cruz de Minas estão em alerta. Segundo o comandante do corpo de Bombeiros, Sub-Tenente Eduardo, estão sendo realizadas vistorias a cada duas horas nos locais mais críticos. A defesa Civil e a Policia Militar também estão de prontidão para agir caso haja necessidade.

O comandante do 38º Batalhão de PM, localizado em S.J. del –Rei, Alan Elias, afirma que a policia militar está pronta para agir caso o efetivo dos bombeiros não seja suficiente para atender as demandas.

Vila Nossa Senhora de Fátima, em São João del Rei

O Rio das Mortes é o mesmo rio que corta a cidade de Barbacena e Tiradentes, durante o famoso passeio de maria-fumaça entre as cidades de São João del Rei e Tiradentes, é possível desfrutar de sua paisagem, porém om as cheias, o rio está quase atingindo a linha férrea.

Linha Férrea que liga as cidades de S.J. del -Rei e Tiradentes

Além do Rio das Mortes, o Rio Carandaí que margeia o bairro Colônia do Marçal em São João del Rei, também está acima de seu nível, inundou varias áreas de plantio, gerando prejuízos aos agricultores da região.

A expectativa das autoridades não é nada boa, afirmam que ainda pode haver mais chuvas e com isso mais inundações e  enchentes nas cidades.

Senhor utiliza barco para se locomover em Santa Cruz de Minas

Rio Carandaí, em São João del-Rei

Rio Carandaí, em São João del-Rei

Motoqueiro se arrisca ao transitar em estrada que foi atingida pela cheia do Rio Carandaí, em São João del-Rei

Moradores observam o nível do Rio  das Mortes em Santa Cruz de Minas

Rio das Mortes e ao fundo a cidade de Santa Cruz de Minas

Este slideshow necessita de JavaScript.